Estresses e suas consequências

Publicado em Notícias, por Admin em 11/08/2017


Estresses e suas consequências

O estresse é desencadeado por diversos motivos, mas normalmente associado a mudanças ou adaptação de situações que
podem gerar ansiedade ou preocupação.
“É o conjunto de reações do organismo a agressões de qualquer natureza (física, psíquica ,infecciosa e outras) capazes de
perturbar a homeostase do organismo.”(Broom, 1993)
O estresses emocional e um dos fatores propiciadores de doenças psicossomáticas, ou seja, um fator psíquico pode alterar
o orgânico. O mecanismo fisiológico em resposta aos pensamentos como os de medo ou raiva ocasiona a sobrecarga que
pode instalar algumas consequências.

* Elevação da Pressão arterial, gerando a Hipertensão.
* Aumento do nível de glicose sanguínea, podendo resultar em Diabetes tipo II;
* Aumento do nível de colesterol LDL, também um fator de risco para doenças coronárias e acidente vascular
   cerebral;
*  Baixa do sistema imunológico, favorecendo a instalação de doenças infecciosas e também diminuindo o combate
    as células cancerígenas;
* Possibilita a obesidade;
* Dificulta a capacidade de concentração desfavorecendo a memória;
* Aumenta as chances de exposição ao álcool e todas as outras drogas;
* Dores musculares;
* Distúrbios do sono;
* Desenvolvimento de fobias, (medo de assalto, acidente, golpes e etc.);
* Cansaço mental, depressão e irritabilidade.
* Síndrome do pânico
* Transtorno por estresse pós-traumático (TEPT)

Tratamento do estresse
É comum indicações de atividades que saiam da rotina e possibilite uma nova forma de extravasar como: viagens, passeios
a parques; algum hobby como: show, cinema, filmes, música, nutrição, yoga, meditação, entre outras atividades de lazer.
Entretanto, a maneira mais eficaz e efetiva para lidar com o estresse é a indicação de psicoterapia associada TCC ( Terapia
Cognitiva Comportamental), já que se trata de uma causa emocional, onde o indivíduo aprendera técnicas específicas que
possibilitem o desenvolvimento de métodos para trabalhar com suas emoções e pensamentos, que irão possibilitar
mudanças comportamentais.
Também é importante salientar que há o estresse positivo onde são liberadas substâncias no corpo (por exemplo a adrenalina)
que tornam a pessoa mais atenta e motivada. A pessoa que consegue administrar esta situação será capaz de se auto motivar e atingir
seus objetivos, como também evitar o aparecimento de algumas doenças.

Luciene Silva Faria Ferreira CRP 06/71173
Regiane Alexsandra Guadacholi de Avila CRP 06/83137


Posts Relacionados


Deixe seu comentário:

=